Companhia dividirá o controle da fabricante de implementos com o Grupo Hübner

A fabricante de implementos rodoviários Noma será uma das controladoras da RodoLinea, que atua no mesmo segmento. A empresa firmou acordo para alcançar 50% de participação na empresa nos próximos dois anos. O restante continua nas mãos do Grupo Hübner.

 Com o novo controle, a RodoLinea deve reforçar sua posição entre os fornecedores de implementos. A empresa já tem presença importante com as linhas canavieira e carrega-tudo e atua também com implementos basculantes, carga-seca, graneleiro e porta-contêiner.

O novo formato vai garantir troca de conhecimento tecnológico, maior sinergia e ganhos logísticos.

 A Noma garante que o projeto não afeta o seu plano de investimentos. A companhia continua com uma operação independente no Paraná e dá continuidade a construção de uma unidade em Tatuí, no interior de São Paulo, com previsão de início das atividades no fim de 2013.

A fábrica da RodoLinea, no entanto, será transferida de Curitiba para o norte do Estado nos próximos dois meses. A nova planta manterá a capacidade de 150 implementos por mês, com cerca de 200 funcionários. Felipe Hübner, no Grupo há mais de sete anos, assumirá a diretoria executiva.
Fonte: automotivebusiness 16/07/2012